A HABITAÇÂO

A nossa turma, do 5º e 6º anos da escola primária de San Jorge de Alor, apresenta-vos alguns dos trabalhos que elaboramos sobre as divisões de uma casa e tudo o que ela pode levar no seu interior.

TRAJES TRADICIONAIS PORTUGUESES

As pessoas vestem-se de maneiras diferentes, conforme a região onde vivem, o trabalho que exercem e ainda segundo os costumes dos antepassados.
No Norte de Portugal, a condizer com a beleza e a variedade da paisagem, os trajes das mulheres são alegres e coloridos. No Minho e no Douro Litoral usam lenços garridos, blusas multicores e saias rodadas. Em dias de festa, vistosos brincos e cordões de ouro enfeitam os corpos esbeltos das camponesas.
No Sul, especialmente no Alentejo, à monotonia da paisagem correspondem as cores escuras e tristes dos trajos populares.
Enquanto que os camponeses do Norte usam no Verão, chapéus de palha brancos e leves, os trabalhadores do Sul, mesmo no maior calor, não largam os pesados e quentes chapéus de pano.
A lavradeira do Minho, a varina do litoral beirão, a tricana de Coimbra, o pescador da Nazaré; o pastor da serra da Estrela e o trabalhador do Alentejo constituem, entre muitos outros, exemplos típicos dos trajes populares portugueses.

Conceição Neves



































AÇORESALGARVETRAS-OS-MONTES
ALTO ALENTEJOBAIXO ALENTEJOBEIRA BAIXA
MADEIRADOURO LITORALESTREMADURA
MINHORIBATEJO